DestaquePoliciaRegião

PM de Paulistana prende foragidos da Justiça de dois Estados

9ade658ca5595f519d4966274856 (1)

A Polícia Militar de Paulistana prendeu dois foragidos da Justiça, acusados de crimes em dois estados diferentes durante a operação Semana Santa. A primeira prisão foi de Felisberto José dos Santos, de 36 anos, de Queimada Nova (PI), acusado de homicídio. Sua prisão preventiva foi decretada em agosto de 2014 e desde então ele estava foragido. A segunda foi de João Neto de Sá, conhecido como “João Araquan”, que já estava foragido há mais de cinco anos da Justiça de Pernambuco.

unnamed46

Felisberto foi preso pelos policiais do GPM em parceria com o Serviço de Inteligência da Companhia. Já João Araquan, foi preso durante abordagens a veículos às margens da BR 407, quando trafegava com mais três colegas em duas motocicletas pela cidade.

De acordo com o capitão Felipe, comandante da 5ª CIPM de Paulistana, o apelido de João é Araquan, pois ele pertence ao grupo dos “Araquans”, conhecidos em todo interior de Pernambuco e dos demais Estados Nordestinos e de algumas regiões do país, pelas ações ousadas de assaltos a banco, praticadas principalmente no fim da década de noventa e começo da década passada.

“Não há segredo para se chegar à captura desses indivíduos que devem à Justiça Penal, seja daqui ou de outros Estados que por aqui estejam de passagem, com a prática constante de abordagens em nossa área estamos conseguindo êxito na identificação e na localização desses indivíduos. É importante salientar também que o apoio popular com informações sobre o paradeiro dos foragidos, bem como ferramentas tecnológicas que auxiliem o serviço policial também ajudam a incrementar estes resultados favoráveis”, acrescentou o Capitão.

FONTE: Cidade Verde

Comentários
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar