Feriado prolongado já começa com duas mortes nas BRs piauienses

32

Nem bem o feriado prolongado da Proclamação da República começou e a Polícia Rodoviária Federal já vê com alerta o fluxo maior de veículos nas estradas que cortam o Piauí. Isto porque em menos de 24 horas do início da operação, já foram contabilizados três acidentes nas BRs do Estado, resultando em duas pessoas feridas e duas mortes. Os dados fazem parte do primeiro balanço parcial da PRF, divulgado na tarde desta quinta (15).

Os acidentes aconteceram em Floriano, Teresina e Piripiri. As mortes foram registradas na ocorrência de Floriano, mais precisamente na BR-343, onde dois jovens trafegando em uma motocicleta, perderam o controle do veículo e colidiram com uma árvore ao saírem da pista. As vítimas tinham 16 e 18 anos e, segundo a PRF, uma delas estariam sem capacete.


Foto: Jailson Soares/O Dia

O número de ocorrências e óbitos já é considerado preocupante pelas autoridades competentes, sobretudo porque se trata de um feriado prolongado com mais três dias restantes de fluxo intenso de veículos nas estradas. É o que explica o inspetor Jean Paiva, da PRF: “É um número alto, porque a operação mal começou. No final de semana passado, por exemplo, tivemos três mortes em acidentes de sexta para sábado, uma quantidade por si só preocupante. Imagine a situação em um feriado prolongado que mal começou e já tivemos duas. É para ficar em alerta”, diz.


Foto: Jailson Soares/O Dia

Com relação à causa de acidentes nas estradas, a PRF afirma que em pelo menos 95% das ocorrências, há imprudência por parte do condutor ou do piloto do veículo. O inspetor Paiva cita como alguns exemplos de imprudências mais comuns o excesso de velocidade, a embriaguez ao volante e a realização de manobras arriscadas, como tentativas de ultrapassagens proibidas. Vale destacar que as ultrapassagens proibidas são consideradas a principal causa de óbitos nas rodovias federais brasileiras.

Além dos acidentes com feridos e óbitos, a PRF também multou três pessoas por embriaguez ao volante e uma delas chegou a ser presa. A Operação Proclamação da República, com o reforço da fiscalização nas rodovias federais, começou à meia-noite de hoje (15) e segue até as 23h59min do próximo domingo (18).

Por: Maria Clara Estrêla /Portal O Dia